A Raposa e as Uvas

0

Certa raposa esfaimada encontrou uma parreira carregadinha de lindos cachos maduros, coisas de fazer vir água na boca. Mas tão altos, que nem pulando.

O matreiro bicho torceu o focinho:

– Estão verdes – murmurou. – Uvas verdes, só para cachorros.

E foi-se.

Nisto, deu o vento e uma folha caiu.

A raposa, ouvindo o barulhinho, voltou depressa, e pôs-se a farejar.

Quem desdenha quer comprar.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Nós consideramos que está tudo bem para você, mas você pode sair a qualquer momento, se quiser. Aceitar Ler mais